skip to content

Qualidade de moradias estudantis reforça o campus de Mariana

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Thiago Barcelos

São quatro casas, comportando 12 estudantes e quatro apartamentos com capacidade para 18 alunos. Todos os quartos do complexo são duplos. Duas das casas são adaptadas para cadeirantes. O público alvo são alunos dos cursos presenciais de graduação e de pós-graduação (mestrado e doutorado sem bolsa acadêmica) da UFOP, que se encaixam no perfil socioeconômico determinado pela Prace.

A Pró Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Prace) vai divulgar, em breve, novo edital para ocupação de vagas de moradia estudantil no Conjunto II, recentemente inaugurado em Mariana. O Conjunto II é um complexo próximo ao ICSA, podendo abrigar até 120 estudantes, sendo metade de ocupação mista. 

Ainda assim, das 120 vagas, apenas 45 foram ocupadas. Segundo a pró-reitora adjunta em exercício, Joseane Mendes Teixeira, “ainda tem casa fechada até agora; antes dos selecionados no terceiro edital, foram ocupadas três ou quatro casas, das oito”. 

ESTRUTURA
Os estudantes que ocuparam as moradias recentemente aprovam as casas. Segundo a estudante de Jornalismo Suzane Pinheiro, a moradia é bem estruturada. "É toda mobiliada com geladeira, fogão, máquina de lavar, tudo o que a gente precisa. As casas são amplas, tem também sala de estudos. Eu acho que as pessoas não tentam participar porque não conhecem as casas. O lugar é ótimo”, relata. 

Foram investidos cerca de 5 milhões de reais no novo conjunto, desde a aquisição do terreno até a entrega mobiliada. O complexo foi inaugurado em dezembro de 2015. Segundo Joseane, em Mariana, existia só o Conjunto I, que são sete casas com 12 vagas cada, 84 vagas no total. Entretanto, por "uma demanda dos estudantes, foi construído um segundo alojamento, que não vem sendo ocupado como se imaginava", assinala Joseane. O Conjunto I é conhecido pelos estudantes como Repúblicas das Moitas. 

O primeiro edital para o Conjunto II foi lançado logo após a inauguração, mas dos 62 classificados na seleção, apenas 23 apareceram para a reunião de pré-moradia. Um segundo edital foi aberto em março deste ano, ocupando mais 11 vagas e, já nesse período, o terceiro edital preencheu mais 11 vagas, totalizando os 45 moradores atuais. Espera-se que, em um próximo edital, todas as vagas possam ser preenchidas.

Veja também

17 Outubro 2017

A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Prace) convoca alunos para participação de workshops do Caminhar - Programa de Acompanhamento...

Leia mais

22 Setembro 2017

Na próxima quarta (27), os estudantes classificados para ocupar as vagas de moradia da Vila Universitária deverão comparecer ao Auditório...

Leia mais

20 Setembro 2017

A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Prace) informa aos alunos ingressantes em 2017/2 que as canecas para utilização nos...

Leia mais

29 Agosto 2017

Abertas as inscrições para o Programa de Bolsa-Permanência do Ministério da Educação direcionado a estudantes indígenas e quilombolas, regularmente matriculados...

Leia mais