skip to content

ICSA realiza debate com candidatos à diretoria do Instituto

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
O Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA), em Mariana, realizou nesta quarta (7) o debate com a chapa única que concorre a sua diretoria. Composta pelos professores José Benedito Donadon Leal e Harrison Bachion Ceribeli, a chapa se apresentou trazendo um balanço das ações realizadas por eles na atual gestão. 
 
Donadon iniciou o debate justificando a candidatura, tendo em vista que diversas vezes havia dito que não se candidataria novamente. "Fui procurado por um grande número de professores e técnicos para que me candidatasse novamente à diretoria. Conversei com meu vice, consultamos os meios legais e decidimos entrar com a candidatura", explica. 
 
CANDIDATURA — Para viabilizar a candidatura, consultaram a Procuradoria Jurídica da UFOP, a fim de verificar a legalidade da campanha. A princípio, receberam um parecer contrário à homologação da chapa, devido ao fato de o candidato a diretor já estar aposentado. Entretanto, após entrarem com recurso, a Assessoria Jurídica da Reitoria da Universidade apresentou um posicionamento favorável, argumentando que o requisito para ser diretor do Instituto era continuar com a carreira docente, independente de estar ou não aposentado. 
 
Com isso, após diversas consultas e da constatação de que não havia impedimentos, foi homologada a candidatura da chapa única à diretoria do ICSA. 
 
CONQUISTAS —  No debate, ambos ressaltaram diversas conquistas do Instituto nos últimos quatro anos, mostrando a necessidade de dar continuidade ao trabalho desenvolvido. Destacaram a complementação do quadro docente do Instituto; a criação do Departamento de Ciências Sociais (DECSO), o quinto departamento do ICSA — uma demanda antiga; o aumento das vagas de docentes para as disciplinas de estágio supervisionado dos cursos de Serviço Social e Jornalismo; as reformas no prédio, entre outros avanços. 
 
"O que se desenha para o futuro é uma gestão complexa e de muita luta, devido ao cenário político a partir de 2019", diz Donadon, completando que "resistir é negociar". Para Harrisson, o cenário daqui pra frente será bem desafiador. "A Universidade possui recursos apenas para demandas básicas. Os cortes orçamentários foram muito grandes nesses últimos dois anos. Porém, nós temos uma ótima relação de conversa e negociação com a Reitoria", explica. 
 
DEBATE — O primeiro ponto de debate apresentado foi o fato de a carta-proposta divulgada pela chapa não mencionar o processo de implantação da Rádio UFOP Mariana, que tramita nas instâncias superiores. Segundo Donadon, os debates caminham agora para a aquisição de novos imóveis, para aumentar o espaço do Instituto e permitir a instalação da Rádio. "Segundo o plano diretor do município de Mariana, utilizamos todo espaço construível do terreno. Por isso, pensamos na aquisição de novos imóveis. Se conquistarmos mais um curso de pós, não teremos espaço", assinala. 
 
Além da aquisição de novos imóveis, está prevista a reforma da "Casa dos Professores", localizada aos fundos do Instituto, onde funcionam as sedes das Empresas Juniores do ICSA, a unidade da Assessoria de Comunicação da UFOP em Mariana, gabinetes de professores e o Programa de Educação Tutorial (PET). A reforma contemplaria os dois pavimentos do local, com novos locais para abrigar instâncias do ICSA, inclusive a Rádio. Antes disso, a Rádio ficará em um dos estúdios de rádio do Instituto. 
 
A reforma do auditório, pauta antiga do ICSA, também foi contemplada na carta-proposta. Segundo os candidatos, a UFOP terá um orçamento de 1,8 milhões de reais para atender a Universidade, e o ICSA terá 180 mil reais a menos no plano orçamentário, o que dificultará esse processo. Porém, há conversas com a Reitoria para a realização do máximo de reformas e demandas possíveis. 
 
A segurança dos vigias foi outra questão discutida. Os funcionários são terceirizados e não possuem rádio comunicador, o que dificulta a comunicação, por causa da distância. Donadon explicou que esse é um problema da empresa responsável. Porém, para tentar amenizar o problema, os seguranças se comunicam pelo celular com o uso do Wi-Fi. 
 
Os servidores técnico-administrativos levantaram questões pertinentes às jornadas de trabalho e à possibilidade de substituição. Segundo Donadon, a flexibilização da jornada do servidor é regida por lei federal. A UFOP tem alguns meses para se adequar, caso contrário, alguns funcionários podem ser penalizados. Logo, a questão não depende unicamente dos esforços da diretoria. Já para o caso de substituições de efetivos, esclareceu que não há essa permissão na legislação. 
 
As eleições para a diretoria do ICSA acontecem nos dias 20, 21 e 22 de novembro, das 13 às 21h. Confira as propostas e a carta de homologação da candidatura no link. O resultado oficial será divulgado em 22 de novembro.

Veja também

18 Março 2016

A Área de Saúde Ocupacional (ASO) informa que, na quinta (24), serão realizadas desinsetização, desratização e descupinização nos prédios do...

Leia mais

13 Abril 2016

A Área de Saúde Ocupacional (ASO) informa que no dia 29 de abril serão realizadas ações de desinsetização, desratização e...

Leia mais

17 Maio 2016

A Área de Saúde Ocupacional (ASO) informa que na próxima sexta (20) e sábado (21), serão realizadas ações de desinsetização,...

Leia mais

7 Julho 2016

Andreia Donadon Leal, artista e escritora do Movimento Mineiro de Arte Aldravista, ganhou troféu que contempla intelectuais e entidades que...

Leia mais