skip to content

UFOP, Ufes e Ufmg se unem e traçam estratégias em prol dos atingidos pela barragem

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Discutir a ampliação das frentes de ajuda aos atingidos pelo rompimento da barragem da Samarco foi uma das propostas do encontro entre representantes das pró-reitorias de Extensão da UFOP, Ufmg e Ufes, na quarta (17), no auditório da Escola de Nutrição, campus Morro do Cruzeiro. A intenção é dar continuidade ao que já vem sendo realizado paralelamente, e em parcerias não oficiais pelas três universidades, criando um eixo que liga Minas Gerais ao Espírito Santo, estados atingidos pela tragédia. Eventos de visibilidade regional e nacional estão sendo programados para serem um meio de divulgação e realização de projetos.   
 
A Frente de Ajuda aos Atingidos da UFOP avança para tornar-se um programa de extensão, integrando o "Participa Ufmg" e facilitando a interação e apoio aos envolvidos, com propostas concretas que vão desde a criação de ações de comunicação (site, página no facebook etc), para divulgação das reuniões, ações e arquivos de utilidade pública, até projetos de saúde, educação, trabalho, cultura e meio ambiente, que possam gerar renda para a comunidade e um reconhecimento do lugar onde habitavam, mantendo vivas as memórias. 
 
RESULTADOS - Entre as ações definidas, segundo a equipe de voluntariados, deve ser criado o OBSERVATÓRIO INTERINSTITUCIONAL DA TRAGÉDIA MARIANA – RIO DOCE, entendido como um locus privilegiado para analisar científica e politicamente as questões decorrentes do rompimento da barragem e seus efeitos na população atingida, em risco e estigmatizada.
 
A coordenação desse observatório será responsabilidade das pró-reitorias de extensão das três instituições para o desenvolvimento de ações conjuntas no ensino, na pesquisa e na extensão e também o desenvolvimento de ações com parcerias externas. Busca-se, ainda, aprovar a criação de uma plataforma de comunicação comum das três instituições, incluindo o mapeamento e diagnóstico das ações internas e externas já em curso nos âmbitos do ensino, da pesquisa, da extensão e da governança.
 
Como próximas ações, o grupo pretende também sistematizar os registros já disponíveis para compor um projeto a ser enviado à Fapemig. Todas essas propostas, a partir de agora, começam a ser debatidas internamente nas Instituições parceira. Na UFOP, reunião deve ocorrer no dia 16 de março (data ainda a ser confirmada), às 14h. Na sequência, às 15h, representantes das três Instituições se reunem, via Skipe, para definir os novos encaminhamentos.

 

Veja também

1 Setembro 2017

A Geoconsultoria Jr., empresa júnior do curso de Engenharia Geológica da UFOP, iniciou neste mês o Programa Educacional de Geologia...

Leia mais

23 Agosto 2017

Um grupo de 85 estudantes do 8º ano da Escola Municipal Ana Amélia Queiroz (EMAAQ), de Itabirito (MG), realizou nesta...

Leia mais

14 Agosto 2017

É com pesar que a Universidade Federal da Ouro Preto comunica o falecimento de José Leite Simplício Filho, conhecido por...

Leia mais

8 Agosto 2017

A 5ª edição do projeto Universidade Desce o Morro (UDM) aconteceu na Escola Municipal Professor Hélio Homem de Faria, no...

Leia mais