skip to content

Projeto Fios de Solidariedade inaugura banco de perucas

Twitter icon
Facebook icon
Google icon

ong_ok_ok.jpg

Helen Aquino
Participantes Ação Fios de Solidariedade
 
No sexto ano da ação permanente do Fios de Solidariedade, uma grande conquista: a inauguração do primeiro Banco de Perucas da Região dos Inconfidentes.

O evento, que aconteceu no final de maio na Escola de Minas, teve a participação de representantes das prefeituras de Ouro Preto e Mariana, ONGs, grupos, projetos e instituições das cidades e região, em uma força conjunta buscando envolver a comunidade em uma teia de solidariedade em prol de pacientes em tratamento de câncer. Com a temática "Seis anos de ação, irmandade e solidariedade", a campanha incluiu apresentações musicais, estandes de projetos de apoio, além de serviços, como a aplicação de maquiagem nas visitantes.

A organizadora do evento, Rosana Gonçalves das Dores, explica que o Fios de Solidariedade é uma ação vinculada ao projeto de extensão Mais Saúde e que, neste ano, novas parcerias ampliaram sua atuação. "Todos os anos arrecadamos cabelos, mas neste ano fechamos uma parceria com a ONG Fio de Luz e conseguimos que eles confeccionassem e doassem as próteses capilares que farão parte do banco de perucas, com as arrecadações de cabelos que estamos conseguindo e enviando a eles", completa. Serão doados de 20 a 30 perucas por mês. Essas doações serão mediadas pelo SIASS-Inconfidentes/UFOP, por meio do atendimento individualizado de profissionais da Psicologia e Serviço Social oferecido a pacientes em tratamento oncológico ou outros tratamentos que resultem na perda dos cabelos.

Dona Melita Martins Rezende estava no estande que explicava sobre o autoexame da mama e a importância da realização de exames médicos periódicos. Por já ter perdido uma irmã para a doença, ela se diz mais atenta com a própria saúde. Além de comparecer ao evento, colaborou ativamente e doou os cabelos das duas filhas, que se solidarizaram e decidiram cortar os fios longos, como ela orgulhosamente conta: "minhas filhas Viviane e Thamires souberam da ação e me pediram para trazer seus cabelos depois de decidir cortá-los. Nós três sabemos que quem passa por isso precisa elevar sua autoestima, mas faz bem até pra gente que ajuda".

fios_de_solidariedade_ok_red.jpg

Helen Aquino
Edna participou da inauguração do banco de perucas

Fundada em 2017, a ONG Fio de Luz está presente em 22 centros oncológicos espalhados por Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Bahia. "Quem faz a ONG acontecer são as pessoas que doam seus cabelos. Já imaginávamos o sucesso desse evento por sua importância e pela representação de ter uma universidade como parceira e, claro, tantos grupos colaboradores ajudando a dar continuidade a esse trabalho", comenta Edmilson Marques de Oliveira, fundador do Fios de Luz.

"Ações como essa são de muita importância para a Universidade. É onde ela alcança, de fato, o seu diálogo com a sociedade. É onde a gente tem a oportunidade de auxiliar pessoas que encontrariam mais dificuldades em, no caso, ter acesso a uma peruca. As universidades não estão preocupadas apenas com a formação dos seus estudantes, mas em atuar diretamente com as suas comunidades", avalia Marcos Eduardo Knupp, pró-reitor de Extensão da UFOP.

Edna Maria Moreira diz que não poderia perder um evento como esse. Há mais de 16 anos lutando contra e vencendo diferentes cânceres e, atualmente, saindo de um processo de quimioterapia, se declara um livro aberto, e enfatiza a importância de se falar sobre o assunto de forma leve e alegre, como uma celebração à vida: "Dou palestras, faço parte do Projeto Abraço, participo do grupo de apoio das famílias, mas a gente não fala só sobre a doença, a gente ri, faz yôga, ginástica, maquiagem, bordado… e muita gente, mesmo depois de curada, continua frequentando. Esses encontros, junto com iniciativas como essa, nos fazem muito bem".
 
 
 

Veja também

1 Julho 2020

A 5ª edição do Fórum Permanente de Sustentabilidade das Cidades Históricas de Minas Gerais, realizado em parceria com a Prefeitura...

Leia mais

26 Junho 2020

A sigla abrevia múltiplas expressões de sexualidades e de identidades de gênero e se destina a promover politicamente a representação...

Leia mais

23 Junho 2020

A campanha "Ajude hoje quem te amparou ontem", liderada pela Fundação Gorceix, conta com o apoio da Escola de Minas,...

Leia mais

19 Junho 2020

As repúblicas Nau Sem Rumo, Aquarius, Pulgatório e Ninho de Amor realizaram o projeto Paraná Solidária. O nome faz alusão...

Leia mais