skip to content

Palestra debate relações e pesquisas dentro da universidade

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Lívia Ferreira
A mesa de abertura “A pesquisa como potência: corpos e afetos” deu início a programação do I Simpósio Afetos, Gêneros e Narrativas. A mediação foi do professor do Departamento de Jornalismo (DEJOR) da UFOP, Felipe Viero, com participação dos professores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Sônia Pessoa e Juarez Dias.
 
Durante a palestra, os professores convidados debateram a forma com que o pesquisador se relaciona com a pesquisa e a importância do afeto nas relações dentro da universidade. 
 
Sônia comentou sobre os pesquisadores que trazem a própria experiência de vida que dialoga com a pesquisa e diz que “o corpo do pesquisador não está distante. É preciso estar atento e aberto às reflexões que vão emergir e considerá-las, é preciso olhar para si e para os outros, dialogar e fazer um exercício de reflexividade”.
 
A mesa de abertura do I Simpósio Afetos, Gêneros e Narrativas aconteceu na última terça (26), no auditório do ICSA. O evento é organizado pelo grupo de pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da UFOP e sua programação continua até a próxima quinta (28).
 

 

Veja também

19 Janeiro 2016

Com uma exposição curricular que mostrará um recorte de todo o aprendizado adquirido ao longo do curso de Museologia da...

Leia mais

22 Janeiro 2016

O professor da UFOP Everton Rocha Soares e a mãe Marlete Rocha Soares emergem nas histórias vividas por sua família...

Leia mais

22 Janeiro 2016

O grupo Mulheres em Chama, formado por estudantes de Artes Cênicas da Ufop, está realizando ensaios abertos como preparação para...

Leia mais

1 Fevereiro 2016

O Projeto Sou Mais Juventude solicita aos docentes da Universidade, que enviem pesquisas e trabalhos desenvolvidos sobre o vazamento de...

Leia mais