skip to content

Festival de Inverno de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade encerra edição 2019 com um grande cortejo tropeiro

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
@pintolaris
Com: 
Acentue Comunicação
Shows, concertos, apresentações teatrais, exposições, seminário, filmes, oficinas e muito mais estão na programação do último fim de semana do Festival de Inverno de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade 2019. As Cavalhadas de Amarantina, tema central desta edição do evento, são celebradas em seminário e cortejo, traçando uma homenagem a essa importante tradição de origem portuguesa que encena a luta entre mouros e cristãos, que, em Amarantina, são registradas como patrimônio cultural ouro-pretano desde 2011.  
 
Assim, o Festival promove nesta sexta-feira (19), às 8h30, é realizado o seminário “As Cavalhadas e o Tropeirismo nas Minas Gerais”, promovido em parceria com o Conselho Municipal de Política Cultural, no Centro de Artes e Convenções da UFOP. Além da abertura com o presidente do conselho, Rodrigo Paiva Sales, haverá duas mesas de debate com a participação da professora e folclorista Deolinda Alice dos Santos; da professora de Museologia Yara Mattos; da representante do Ecomuseu da Serra de Ouro Preto, Vanilda Cláudia Costa de Paula Alves (Nida); do historiador, arquiteto e analista do Iphan João Paulo Martins; da mestre em História Social Carolina Minardi Carvalho; e do presidente da Associação dos Cavaleiros Mestre Nico de São Gonçalo do Amarante, Lúcio Flávio Coelho dos Santos.
 
Ainda em Ouro Preto, a sexta conta com dois espetáculos. Às 15h, na Praça Mestre Agostinho, no bairro Padre Faria, é apresentado “Xabisa”, com Michelle Sá e Alexandre de Sena. A peça propõe um encontro entre o humor dos jogos de palhaço e os elementos ancestrais da cultura afro-brasileira. Xabisa é uma palavra da língua Xhosa, de origem bantu (África Subsaariana) que, em português, significa “Valorize”. O aterro sanitário de Ouro Preto vira palco para o espetáculo “Esperando Godot”, livremente inspirado no clássico homônimo de Samuel Beckett. Haverá transporte gratuito para o local, com saída prevista para 15h da praça da Estação. A sexta termina música, às 20h, a artista Myrian Albin apresenta um recital de piano na Casa da Ópera. Às 21h, a Praça Mestre Agostinho no Padre Faria recebe o show da banca Pavio de Lamparina.
 
No sábado (20), o Corredor Cultural Antônio Dias oferece muita música com Escritório do Choro, às 16h; Ases do Samba, às 17h; e Juliano Mendes, às 19h. A Potência da Periferia (no bairro Padre Faria), que promoveu oficinas e apresentações musicais e teatrais durante toda a semana, encerra suas atividades também no sábado (20). Entre as atrações, estão: Afrobool, Deew e Balzac, Canela de Cachorro Crew, Beto Criolo e Dj Boby, Nós por nós, Rich Braza, Província da Mente, rapper FBC, batalha de MCs e baile black. As atividades acontecem a partir das 18h, na Praça Mestre Agostinho.
 
Já à noite, às 19h, no Teatro Ouro Preto do Centro de Artes e Convenções, o público pode conferir “O Abajur Lilás”. A peça, escrita por Plínio Marcos em 1969, aborda a relação do personagem Giro, um cafetão homossexual, com as prostitutas Dilma, Célia e Leninha, narrando as relações de poder e dominação. Às 20h, o Coral Libre Cantare se apresenta na Casa da Ópera.
 
No domingo (21), último dia do Festival de Inverno, um grande Cortejo dos Tropeiros da  Serra de Ouro Preto com concentração no Espaço Cultural Cores, Flores e Sabores (Bar da Nida), no Morro São Sebastião, às 9h, seguindo pela Praça Tiradentes, bairro Lages, distrito Passagem de Mariana, BR-356 com destino à Mariana. Na Primaz de Minas, passa pelas ruas Nossa Senhora do Carmo, Catete e Salvador Furtado e pela Praça da Sé, terminando na Praça Gomes Freire (Jardim), onde acontece o Festival da Terra, com atrações culturais e um grande banquete de comida típica para o público.
 
Já no Corredor Cultural São José, o público pode conferir, às 15h, apresentação Investigadança - Intervenções Urbanas “Projeto Corpocidade” e, ainda, Choro Cantado com o grupo Flor de Aguapé; às 17h, Adriano Jorge e Confraria do Groove nas Universidades convidam Adrianna para um show na Praça da Alegria.
 
Em Mariana, na sexta-feira (18), a Caravana Cabanas Cultural toma conta da Escola Estadual João Ramos Filho a partir das 15h, com diversas atrações até às 20h. No sábado, de 13h às 18h, o público marianense é convidado a participar da Caravana Prainha. Já em Passagem de Mariana, a partir das 14h, tanto a criançada como o público adulto podem se divertir muito com o Circovolante. No domingo (21), a partir das 11h, acontece o Festival da Terra, na Praça Gomes Freire (Jardim), com atrações culturais, banquete tropeiro e recepção aos participantes do Cortejo dos Tropeiros da  Serra de Ouro Preto. O grupo de percussão Bença Valentim, por sua vez, se apresenta na Estação de Ferroviária de Mariana, às 16h30.
 
Esta é a 52ª edição do evento, que, em 2019, também celebra os 50 anos de fundação da UFOP, que desde 2004 é a responsável pela promoção do evento. O Festival de Inverno de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade 2019 é uma realização da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em parceria com a Fundação Gorceix e as prefeituras locais e conta com o patrocínio da Vale. Para saber mais e conferir a programação completa, acesse o site.

Veja também

18 Janeiro 2016

O Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana - Fórum das Artes, considerado um dos maiores eventos culturais do...

Leia mais

6 Julho 2016

2016.07.08_cortejozepereira_op_iriszanetti-2.jpg Íris Zanetti O cortejo Zé Pereira dos Lacaios foi às ruas de Ouro Preto no primeiro dia de festival...

Leia mais

9 Julho 2016

Com Lígia Souza Na fria noite de ontem (8), teve início o Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana...

Leia mais

10 Julho 2016

2016.07.08_cortejozepereira_op_iriszanetti-7.jpg Íris Zanetti O cortejo comemorou o aniversário da cidade. Zé Pereira dos Lacaios desfilou pelas ladeiras históricas de Ouro...

Leia mais