skip to content

Editora UFOP publica três novos livros

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Com: 
Leonardo Grein
As publicações foram disponibilizadas através do Edital Geral 01/2018 da Editora UFOP
 
O livro "Comunicação organizacional e discurso: disputa de sentidos na fanpage da Samarco a partir da ruptura da barragem de Fundão em Mariana (MG)" foi escrito pela servidora técnico-administrativa Dayana Cristina Barboza Carneiro. A publicação é resultado de sua dissertação de mestrado, defendida no Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da UFOP, e traz uma análise do discurso dos usuários e da empresa em suas redes sociais após o rompimento da barragem. De acordo com a pesquisadora, o foco foi na disputa de sentidos entre a empresa e os usuários e entre os próprios usuários.
 
Uma das propostas da pesquisa é proporcionar uma reflexão sobre o papel da mineração no município. Segundo Dayana, "a ruptura da barragem de Fundão aconteceu quando minha pesquisa já estava em andamento. [...] Então, resolvemos redirecionar o trabalho para que fosse possível abordar esse acontecimento que acionou os sujeitos nas redes sociais e também fora delas". 
 
Outro lançamento é a obra "Resgatando a História da Genética no Brasil: A história de cientistas que mudaram o rumo das pesquisas científicas brasileiras", dos autores Cristiane Carvalho Santos, Paula Arantes Botelho Briglia Habib e Leandro Márcio Moreira. O livro conta a história do desenvolvimento da pesquisa genética nacional e seu reconhecimento internacional graças a esforços de pesquisadores a partir da década de 1920. 
 
O livro é resultado da defesa de mestrado de Cristiane no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências da UFOP. Ela também é a ilustradora do livro, que tem formato cartoon. "A ideia é resgatar um pouco da história dos geneticistas convertendo-as em cartoons, sendo esse o maior diferencial do livro, com o prefácio do geneticista Francisco Mauro Salzano" conta Leandro.
 
Escrito a partir da análise de 2500 edições da revista Veja pelo professor do Departamento de Comunicação da UFOP Felipe Viero Kolinski Machado, o livro "Seja Jovem: Sentidos sobre a velhice em cinquenta anos de Veja (1968-2017)" é resultado da dissertação de mestrado do professor. A obra traz questionamentos sobre o tema da velhice na revista, sobre os sentidos que se materializam nas reportagens, sobre o que é dito e, ao mesmo tempo, o que é silenciado, quando o veículo traz a temática como uma questão central dos textos. 
 
"A velhice ainda é pouco abordada em pesquisas da área da comunicação e do jornalismo. O título do livro (Seja Jovem) diz ainda de um dos principais achados de minha investigação: ao passo que aborda o envelhecimento, na maior parte das vezes (mais de 70%), a maior revista de informação do país diz, fundamentalmente, sobre a importância de não envelhecer", destaca Felipe, complementando que o discurso se dá através de hábitos que passam pelos exercícios físicos e dietas e chegam às cirurgias plásticas, ignorando fatores como acesso a um sistema de saúde eficaz e a uma aposentadoria digna. 

Veja também

21 Janeiro 2021

Um artigo publicado em dezembro passado pela revista científica Austral Entomology revelou um novo gênero de formigas-cortadeiras encontradas restritamente na...

Leia mais

14 Janeiro 2021

O professor do Departamento de Serviço Social (Desso) Leonardo Nogueira lançou, em conjunto com o professor Rafael Toitio (IFRN) e...

Leia mais

13 Janeiro 2021

Os registros de Patente de Invenção concedidos pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) são referentes a dois trabalhos coorientados...

Leia mais

5 Janeiro 2021

Desde o início de abril de 2020, os professores Vicente Amorim, do Departamento de Computação e Sistemas (DECSI), e Anliy...

Leia mais