skip to content

Pesquisadores da UFOP estão entre os mais citados do mundo

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
NPG
O ranking, realizado pela empresa britânica Mendeley, desenvolvedora de produtos para o meio acadêmico, elenca os 100 mil pesquisadores de ponta mais influentes de todo o mundo, de acordo com sua produção científica e a citação de seus trabalhos. 600 pesquisadores brasileiros se encontram na lista, entre eles três da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP): Leandro Gurgel, do Departamento de Química; Fernando Alkmin, do Departamento de Geologia; e Versiane Leão, do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais. 
 
Os cientistas são classificados em 22 campos e 176 subcampos, em um banco de dados publicado na revista científica PLOS Biology. Para a classificação, são levadas em conta as citações feitas em artigos, livros, capítulos de livros ou outros materiais bibliográficos após a veiculação dos trabalhos para a comunidade científica em revistas e periódicos.
 
Um dos contemplados, o professor Leandro Gurgel, tem 61 artigos publicados em periódicos, os quais estão disponíveis nos bancos de dados de pesquisa científica Scopus e Web of Science. Segundo o professor Leandro, ele tem atualmente 2724 citações, com um fator H de 27, de acordo com a base de dados Scopus. O fator H mede o número de artigos que tem uma determinada quantidade de citações. Leandro tem 27 artigos que foram citados pelo menos 27 vezes. O professor aponta a importância do ranking, que traz novos dados para critérios contidos em bases de dados científicas, sendo útil aos novos pesquisadores e acrescentando formas de contribuir com o progresso de suas respectivas áreas na ciência.
 
A dificuldade e a importância de se fazer ciência no Brasil são destacadas pelo professor, que salienta a participação da UFOP na construção do conhecimento com o lançamento de editais internos de financiamento à pesquisa. "É um desafio diário lidar com todos os problemas, orientar alunos de pós-graduação e publicar em periódicos de reconhecida qualidade. Precisamos de políticas de subsídio mais lineares ao longo dos anos. E, enquanto pesquisador, me sinto muito honrado por integrar essa seleta lista de pesquisadores em nível nacional e internacional. Gostaria de deixar uma mensagem otimista aos meus pares: continuem acreditando e lutando todos os dias", finaliza.
 
O professor Versiane Leão, que produz trabalhos na área de hidrometalurgia e resíduos sólidos e efluentes líquidos gerados pela indústria mínero-metalúrgica, destaca a importância do trabalho em conjunto, agradecendo à Universidade, ao Departamento e à Escola de Minas. "Estar na lista é uma forma reconhecimento da dedicação ao trabalho como pesquisador, que é sempre resultado de um esforço coletivo. Eu não estaria nesta lista se não houvesse também o afinco dos alunos de graduação e pós-graduação. Para a UFOP, a lista mostra que os esforços empenhados para o avanço da pós-graduação não foram e não estão sendo em vão", valoriza.
 
O pró-reitor de Pesquisa e Graduação, Sérgio Aquino, destaca a importância da participação de pesquisadores da UFOP em rankings como esse: "Isso mostra que nosso corpo de pesquisadores tem evoluído, que os programas de pós-graduação estão ficando mais maduros, que estão sendo feitas pesquisas de maior qualidade e, portanto, elas recebem um maior número de citações, trazendo maior referência em relação ao que é feito em nossos laboratórios. É um reconhecimento da pesquisa e da qualidade da pós-graduação da nossa Universidade". 
 
 

 

Veja também

24 Novembro 2020

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propp) divulga os resultados finais de propostas para o programa Pivic/UFOP e os resultados...

Leia mais

19 Novembro 2020

Amanda Arlinda da Silva, Karina da Silva Soares, Filipe Luiz Marques e Michel Richter de Souza, do curso de Administração...

Leia mais

12 Novembro 2020

O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi), o Sistema de Bibliotecas e Informações (Sisbin) e a Pró-Reitoria de Pesquisa...

Leia mais

5 Novembro 2020

"Uma capela que resiste em meio à destruição promovida pela passagem de um mar de lama". Segundo pesquisadora em Comunicação,...

Leia mais