skip to content

NOTA DE REPÚDIO CONTRA O OCORRIDO EM REPÚBLICA DA UFOP

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Em virtude dos atos de violência cometidos contra três alunas da UFOP, em uma de suas repúblicas, no último fim de semana, a Reitoria - ressaltando que a pessoa apontada como autora das agressões não possui vínculo atualmente com a Instituição, e que o caso está sendo investigado pela Polícia Civil – presta os seguintes esclarecimentos:
 
1 – A UFOP repudia qualquer ato de violência, em qualquer instância, local e circunstâncias;
2 - A conduta discriminatória de gênero é, no mínimo, reprovável moralmente. Enquanto a sociedade tratar o assunto como brincadeira, e a mulher como objeto, teremos de conviver com assédio e violência, o que não podemos tolerar;
3– A agressão é um ato criminoso e, enquanto tal deve ser apurado com todo o rigor necessário;
4 – A UFOP, por meio de suas equipes especializadas, está dando toda a assistência às vítimas;
5 – A Administração irá instaurar imediatamente uma sindicância para apuração, no âmbito da instituição, de todo o ocorrido;
 
Reiterando o repúdio à violência, em especial contra a mulher, e se solidarizando com as vítimas, a Administração Superior  chama a atenção para que a comunidade acadêmica se mobilize para evitar distorções dessa natureza, não tendo dúvidas em denunciar aos canais competentes quaisquer desvios que possam desencadeá-las.
 
Marcone Jamílson Freitas Souza– Reitor
Célia Maria Fernandes Nunes – Vice-reitora

Veja também

15 Junho 2020

Na última quarta (11), a Andifes divulgou manifestação questionando a Medida Provisória 979, que permite ao Ministério da Educação designar...

Leia mais

10 Junho 2020

Dada a ampla repercussão que ganhou a divulgação, em perfil em rede social, de denúncias de pessoas que supostamente teriam...

Leia mais

4 Maio 2020

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) enviou nesta segunda (4) um ofício ao ministro...

Leia mais

25 Março 2020

Gestores públicos devem valer-se do conhecimento e não da mera opinião. Não têm o direito de fazer apostas políticas com...

Leia mais