skip to content

Evento de conscientização do diabetes na UFOP

Twitter icon
Facebook icon
Google icon

Durante todo o dia 14 de novembro, o Centro de Saúde da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) vai promover uma conscientização sobre o impacto do diabetes e orientar sobre as formas de tratamento adequado. A programação contará com farmacêuticos, dentistas, nutricionistas, educadores físicos e assistentes sociais, que darão orientações e esclarecerão dúvidas. Será possível também aferir a glicemia capilar e o Índice de Massa Corporal (IMC).

As inscrições devem ser feitas pelo telefone: 3559-1289. As vagas são limitadas. 

9h – Palestra: Emoções e Diabetes, com a psicóloga Patrícia Ribeiro
10h – Avaliação do pé diabético, com Dra. Fabiana (endocrinologista) e acadêmicos de Medicina.
11h às 13h – Aferição de glicemia capilar e IMC, em frente ao restaurante universitário (RU) da UFOP, com as farmacêuticas da Farmácia Escola, professores e acadêmicos de Farmácia e Nutrição.
14h – Oficina de culinária, com a professora Sônia e acadêmicos de Nutrição.
15h – Atividade física guiada por acadêmicos de Educação Física, no CEDUFOP.

O diabetes é uma doença crônica não transmissível (DCNT), normalmente adquirida em decorrência de hábitos ao longo da vida (má alimentação, sedentarismo, consumo de álcool, drogas, tabaco, entre outros), que demanda tratamentos a médio e longo prazo, podendo persistir por toda a vida. 

O diabetes pode ser silencioso, o que significa que nem sempre a pessoa saberá que é portadora da doença. Se não tratado adequadamente, o diabetes pode afetar a qualidade de vida da pessoa. Em casos mais severos, pode levar à amputação de membros do corpo, à cegueira e até à morte. 

Estima-se que 13,4 milhões de pessoas no Brasil (6,4% da população adulta) são portadoras de diabetes. No ranking mundial, nosso país figura na 4ª posição, só perdendo para China (92,3 milhões), Índia (63 milhões) e Estados Unidos (26,4 milhões).