skip to content

UFOP encerra em Mariana as premiações do Concurso de Redação dos 50 anos

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Mylena Gonçalves
A última cerimônia de premiação do concurso de redação com o tema "A UFOP e Minha Comunidade" foi no Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS), em Mariana, na sexta (29). Foram selecionadas sete escolas da cidade, reunindo 75 redações no total. A seleção das 20 melhores foi feita pela comissão avaliadora do concurso, composta pelos professores do Departamento de Letras do ICHS Anderson Freitas e Ada Magaly Matias Brasileiro. 
 
O estudante João Vitor Santos de Castro, da Escola Estadual Professor Soares Ferreira, foi o vencedor do primeiro lugar e ganhou um tablet. Os 20 melhores colocados receberam certificados de participação. Segundo João Vitor, sua redação fez uma reflexão sobre a Universidade, o que ela tem de positivo, como auxilia a comunidade, como a educação transforma por meio da leitura e da escrita e como auxilia na formação do cidadão. "Eu só queria agradecer à UFOP por essa oportunidade, por estar presente no nosso município". 
 
A mesa de abertura da cerimônia foi composta pela reitora Cláudia Marliére; pelo pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, Eleonardo Pereira; pelo professor do Departamento de Letras do ICHS Anderson Freitas; e pela representante da Secretaria Municipal de Educação de Mariana, Angelita Aparecida de Freitas.
 
O presidente da Comissão dos 50 anos, que organizou o concurso, Flávio Andrade, ressaltou a importância de aproximar a comunidade da UFOP. "O nosso intuito é levar a Universidade onde o povo está. Nós temos atualmente 300 ações fora de sala, que vão ao encontro do povo. Nós queremos ampliar isso ainda mais. O concurso de redação seguiu essa linha", enfatizou. 
 
O diretor da Escola Municipal Cônego Paulo Diláscio, Fernando Pereira de Freitas, também ressaltou a importância do concurso. "É muito gratificante e importante para nós, da escola pública, participarmos de um concurso como esse, que nos aproxima da UFOP e aproxima a UFOP das escolas públicas municipais e da educação básica". 
 
A reitora Cláudia Marliére, bastante emocionada com os resultados positivos do concurso, fez um balanço final dos três eventos, afirmando que a relação de construção conjunta de conhecimento por meio da redação ou de outros projetos é extremamente relevante, pois a sociedade precisa desenvolver o sentimento de pertencimento em relação à Universidade. "Um programa desses incentiva e faz com que o cidadão perceba que ele também pode fazer parte desta Instituição. Nesse sentido, acho que o projeto dos 50 anos conseguiu alcançar o objetivo proposto e acho que teve uma repercussão muito positiva na sociedade e na Universidade". Feliz com os resultados, a reitora acrescentou que "todos são vencedores".
 
Veja como foi a cerimônia em Ouro Preto e João Monlevade.

Veja também

27 Agosto 2019

Na quarta-feira (21), a Universidade Federal de Ouro Preto, em celebração solene do seu cinquentenário, outorgou títulos honoríficos às pessoas...

Leia mais

3 Setembro 2019

Estudantes do 9º ano de 63 escolas públicas e particulares de Ouro Preto, Mariana e João Monlevade participam do concurso,...

Leia mais

1 Novembro 2019

As 269 redações, assinadas por pseudônimos, são de 24 escolas dos três municípios onde a UFOP possui campus universitário. Os...

Leia mais

6 Novembro 2019

A partir de um convite da Comissão de Comemoração dos 50 anos da UFOP, estudantes do sétimo período do curso...

Leia mais