skip to content

Dissertação discute o acesso às creches na Região dos Inconfidentes

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Banco de Imagens Freepik
A dissertação de mestrado "Direito à educação na etapa creche: dimensões de qualidade em municípios mineiros” foi desenvolvida pela ex-aluna do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFOP (PPGE) Eliane Ferreira, sob a orientação da professora Maria do Rosário Figueiredo Tripodi, dentro do Programa "A Pós conversa com os Municípios". A pesquisa aborda o acesso às creches nos municípios de Mariana, Ouro Preto e Itabirito. 
 
Eliane, que também é professora da rede municipal de ensino de Ouro Preto e Mariana, sentiu a necessidade de investigar se as creches atendiam ao padrão de qualidade que é garantido no artigo 206, inciso VII, da Constituição Federal.
 
A pesquisa traz um percurso histórico da educação infantil no Brasil, seguido de uma revisão da literatura nacional sobre o tema e de uma análise do banco de dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Com o resultado da pesquisa inicial, foram definidas as dimensões de qualidade a serem analisadas nas creches dos municípios. 
 
A pesquisa traz um percurso histórico da educação infantil no Brasil, seguido de uma revisão da literatura nacional sobre o tema e de uma análise do banco de dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Após essa fase, foram definidas as dimensões de qualidade a serem analisadas nas creches dos municípios: "acesso", "modos de oferta" e "insumos". 
Como resultado, o estudo destacou que, apesar do aumento no número de vagas, não há um número de demanda por vaga existente; o maior número de vagas é ofertado pela rede pública. Em relação aos insumos, há falta de banheiros adaptados, parques infantis, bibliotecas e salas de leituras.
 
O estudo pode ajudar os municípios a elaborar melhores políticas educacionais, traçar metas e entender a real demanda por creches, explica Eliane. "É preciso que haja alguma instituição formal para que os pais e/ou responsáveis possam deixar os filhos para ir para o trabalho em segurança".
 
Eliane conta que a experiência de produzir a dissertação a ajudou a amadurecer suas percepções e seus modos de analisar a educação. "No momento da minha defesa, senti muito orgulho do trabalho apresentado. Foi um trabalho bem feito, que só pôde ser realizado com qualidade devido à dedicação, apoio e paciência da minha orientadora, que é extremamente disponível para seus alunos e sempre disposta a compartilhar seus conhecimentos".
 
Sobre a importância da pesquisa para a sociedade, a professora Maria do Rosário destaca que "o maior retorno e, por isso mesmo, a experiência mais significativa, está relacionado à devolução para a sociedade, em forma de conhecimento produzido, dos recursos investidos na Universidade Pública, especialmente em um momento em que ela é posta em questão indevidamente".

 

Veja também

30 Junho 2022

O trabalho contou com a colaboração de duas pesquisadoras do Laboratório de Psicofisiologia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP),...

Leia mais

27 Junho 2022

Trabalhando em conjunto, os professores do Departamento de Jornalismo (Dejor) da Universidade Karina Gomes Barbosa e Felipe Viero Kolinski Machado...

Leia mais

27 Junho 2022

O acordo técnico-científico está sendo realizado pelo Grupo de Estudos sobre Fratura de Materiais (GEESFRAN), do Departamento de Engenharia Metalúrgica...

Leia mais

23 Junho 2022

Intitulado "Atualização sobre diagnóstico rápido para Covid-19: uma revisão sistemática", o trabalho foi realizado pelo grupo de pesquisa do Laboratório...

Leia mais