skip to content

Laboratório para diagnóstico de Covid-19 recebe recurso e investe em infraestrutura

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Túlio dos Anjos
O Laboratório de Epidemiologia da Escola de Medicina e o Laboratório Multiusuário de Diagnóstico Avançando do Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas (Nupeb) vão passar por adaptações. O objetivo é ampliar a testagem em Ouro Preto, Mariana, Itabirito e João Monlevade, permitindo auxiliar no estabelecimento de políticas públicas para o enfrentamento da Covid-19. A meta é executar, no período de 12 meses, 10 mil diagnósticos moleculares e 4 mil sorológicos.
 
O grupo de pesquisadores trabalha desde março de 2020 para estabelecer protocolos para extração de RNA e realização do qRT-PCR, bem como para a sorologia. No momento, a capacidade instalada nos laboratórios permitem, diariamente, a extração de RNA de 50 amostras e a análise sorológica de 80 amostras.
 
O recurso, no valor de R$ 119.340,71, vem de uma parceria da UFOP com o Ministério Público do Trabalho/Vara do Trabalho de Ouro Preto e vai ser utilizado para a finalização da estrutura de biossegurança dos dois laboratórios, para que sejam credenciados como NB2, mesmo nível do Laboratório de Imunopatologia do Nupeb que integra a RedeLab. Além de contribuir para as pesquisas de enfrentamento do novo coronavírus, os equipamentos solicitados vão garantir aos pesquisadores da UFOP um espaço multiusuário para o desenvolvimento de suas pesquisas. 
 
Segundo o coordenador do projeto, professor George Luiz Lins Machado Coelho, o Laboratório Multiusuário de Diagnóstico Avançado foi equipado com equipamentos transferidos da Escola de Medicina, cedidos pela professora Maria Terezinha Bahia. Quando for finalizada a estruturação, esse espaço estará apto para realização de diagnósticos moleculares. Outra parte do recurso desse edital será utilizado para dobrar a capacidade de análises sorológicas do Laboratório de Epidemiologia da Escola de Medicina. 
 
Ainda de acordo com o professor, os resultados obtidos no Laboratório Multiusuário darão suporte ao diagnóstico dos casos suspeitos de infecção pelo Sars-Cov-2." Os resultos obtidos nos inquéritos sorológicos poderão determinar a dispersão do vírus na população residente na microrregião dos Inconfidentes e de João Monlevade. Mas, para termos sucesso, é fundamental que tenhamos uma participação efetiva das equipes do programa Saúde da Família das secretarias municipais de saúde da região".

Veja também

3 Dezembro 2021

A Universidade Federal de Ouro Preto participa de uma iniciativa de cooperação internacional desenvolvida em parceria com outras sete universidades...

Leia mais

30 Novembro 2021

Os resultados finais da avaliação dos projetos recomendados nos editais de seleção de orientadores de Iniciação Científica são para o...

Leia mais

24 Novembro 2021

O Grupo de Pesquisa e Ensino em Nutrição e Saúde Coletiva (Gpensc) da Escola de Nutrição (Enut) da Universidade Federal...

Leia mais

22 Novembro 2021

A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (Proppi) divulga o resultado preliminar dos projetos recomendados nos editais de seleção de...

Leia mais