skip to content

UFOP publica pesquisa sobre nova formulação para tratamento de Leishmaniose

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Em parceria com o professor Frederic Frezard, da UFMG, o Núcleo de Pesquisas de Ciências Biológicas (NUPEB), em conjunto com o professor Levi Eduardo Soares, desenvolveu estudo sobre um fármaco utilizado para o tratamento de Leishmaniose visceral. 
 
O experimento consiste no desenvolvimento de um lipossoma-vesícula no qual o fármaco fica armazenado. O teste em camundongos revelou uma diminuição de inflamações no fígado, além de diminuir o número de parasitas no baço e fígado. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Antimicrobial Agents and Chemotherapy, periódico importante na área e de impacto internacional. Confira aqui os resultados na íntegra. 
 
O estado de Minas Gerais teve um crescimento de 62% na doença nos últimos três anos. A Leishmaniose é uma infecção parasitária transmitida pelo mosquito-palha, que pode picar cães e humanos e causa úlceras, inchaço do baço e fígado, anemia e febres prolongadas.

Veja também

8 Abril 2020

O Sistema de Bibliotecas e Informação (Sisbin) da UFOP disponibilizou uma plataforma com conteúdos voltados para a área da Saúde...

Leia mais

7 Abril 2020

A Liga Acadêmica de Fisiologia Endócrina e Metabolismo (Lafem) da UFOP vai debater o tema "Covid-19 x Endocrinologia", abordando esta...

Leia mais

6 Abril 2020

Os formulários do Projeto Coorte de Universidades Mineiras (Cume) serão enviados para o e-mail pessoal ou institucional dos ex-alunos de...

Leia mais

31 Março 2020

O Laboratório de Análise Experimental e Simulação de Sistemas (Laess) do curso de Engenharia Mecânica da UFOP começa a produzir...

Leia mais