skip to content

"Cápsula do Tempo" de 10 anos é aberta na Reitoria

Twitter icon
Facebook icon
Google icon
Sebastião Fernandes
Em 30 de outubro de 2009, foi lacrada a primeira "Cápsula do Tempo" da Universidade Federal de Ouro Preto, em uma caixa que continha cartas, informativos, relatórios, fotos, vídeos e gravações que descreviam o momento da Universidade na época. A cápsula foi aberta nesta quarta (14), como parte das comemorações dos 50 anos de fundação da UFOP e, posteriormente, seu conteúdo será exposto em local de acesso público. 
 
A reitora Cláudia Marliére ressaltou a importância do marco. "É um momento importante a abertura dessa cápsula porque nós temos documentos, informações e registros do que acontecia na UFOP em 2009. Isso nos permite avaliar como era pensado o crescimento da Universidade, e como ela se organizava enquanto instituição pública de ensino. Serve também como uma referência para toda comunidade acadêmica". 
 
O momento também foi de emoção para algumas pessoas que estavam na UFOP naquele ano de 2009, como a técnica-administrativa Iracilene Carvalho, que era coordenadora de cerimonial e foi servidora da Universidade por 31 anos. "A UFOP sempre fez parte da minha vida. Fico muito emocionada com tudo que diz respeito à Universidade e é um orgulho muito grande ter feito parte dessa história". 
 

benedito.jpg

Mylena Gonçalves
Professor Benedito entrega a carta a Flávio Andrade
 
Uma outra caixa vem sendo preparada para ser guardada no Centro de Convergência, no campus Morro do Cruzeiro, e ser aberta daqui a 25 anos. Nesta semana, o professor aposentado Benedito Rodrigues, de 87 anos, entregou uma carta escrita por ele ao presidente da comissão dos 50 anos, Flávio Andrade. Benedito, que se aposentou em 1981, não escondia a emoção de participar da Cápsula do Tempo. Quando a cápsula for aberta, serão comemorados 112 anos do nascimento do professor. 
 
O prazo para envio das cartas, que terminaria nesta quinta (15), foi prorrogado para 30 de agosto. Veja as instruções